4 passos para se tornar um contador consultor

Os 4 Passos Para Se Tornar Um Contador Consultor Post - Contabilidade Consultiva | Marco Educação

O contador consultor é o futuro da profissão contábil.

No embalo da evolução tecnológica, os tempos estão mudando – e isso vale para consumidores, para empresas e, é claro, para a contabilidade.

Aquele profissional contábil que ficava limitado às rotinas de conformidade legal está ficando no passado. Com tecnologias que conseguem automatizar grande parte das rotinas manuais e repetitivas, o contador precisa reconhecer que não tem como competir com as máquinas.

Hoje em dia, já existem escritórios de contabilidade online que oferecem seus serviços por apenas R$29,90 por mês. Como competir com preços tão baixos – que somente são possíveis com o uso da tecnologia? A resposta está na diferenciação por meio da geração de mais valor para o cliente.

E é justamente esse o objetivo de um contador consultor. Usando todos os seus conhecimentos e experiências, é possível contribuir ativamente para o sucesso de seus clientes – indo muito além do preenchimento de guias, digitação de notas fiscais ou entregas de obrigações legais.

Ficou interessado em se tornar um contador consultor? Então, confira os 4 passos para colocar isso em prática.

O que o cliente espera da contabilidade?

Para compreender o surgimento do contador consultor, basta fazer uma breve avaliação sobre o que os clientes esperam da contabilidade.

Essa análise pode ser realizada com auxílio da Pesquisa “Relação das MPE com os contadores”, promovida pelo Sebrae. Neste estudo, foram entrevistadas mais de 6.000 empresas, com o objetivo de identificar como as MPE se relacionam com as empresas prestadoras de serviço de contabilidade.

Veja os principais resultados:

Quais são os serviços adequados, pertinentes e que poderiam ser ofertados?

Quando questionados sobre os serviços contábeis que poderiam ser mais ofertados, os empresários destacaram vários relacionados a um auxílio na gestão de seus negócios. Veja os principais deles:

  • Planejamento tributário do negócio
  • Recomendações para melhorar o negócio
  • Relatórios de desempenho e diagnósticos
  • Apoio na gestão financeira
  • Apoio para acessar linhas de crédito
  • Elaboração de Plano de Negócios
  • Solucionar dívidas/pagamentos atrasados
  • Implementação de sistemas informatizados
  • Apoio para participar de licitações/exportações

Demanda x oferta

Apesar do interesse dos empresários nos serviços destacados, ainda é muito baixa a oferta desses serviços no mercado:

  • Planejamento tributário do negócio: Demanda 84% / Oferta 54%
  • Recomendações para melhorar o negócio: Demanda 79% / Oferta 25%
  • Relatórios de desempenho e diagnósticos: Demanda 77% / Oferta 29%
  • Apoio na gestão financeira: Demanda 73% / Oferta 23%
  • Apoio para acessar linhas de crédito: Demanda 70% / Oferta 21%
  • Elaboração de Plano de Negócios: Demanda 67% / Oferta 15%
  • Solucionar dívidas/pagamentos atrasados: Demanda 66% / Oferta 29%
  • Implementação de sistemas informatizados: Demanda 63% / Oferta 30%
  • Apoio para participar de licitações/exportações: Demanda 57% / Oferta 18%

Aumento do valor agregado ao serviço contábil

Quando perguntados sobre a possibilidade de os escritórios contábeis passarem a trabalhar como consultores dos Pequenos Negócios, 61% das empresas estariam dispostas a pagar “algo a mais” – sendo que 54% delas pagariam até 20% a mais.

Qual o impacto da tecnologia no mercado contábil?

A tecnologia é um pilar fundamental para a transformação da profissão contábil. Porém, as pessoas também são essenciais nesse processo.

Somente usando a tecnologia é possível agilizar as rotinas contábeis e diminuir o custo. E é justamente dessa combinação que surgem os serviços de contabilidade online que conseguem cobrar preços muito abaixo da contabilidade tradicional.

Pela lógica, o empresário sempre vai optar por pagar menos para obter os mesmos serviços. E como o profissional contábil pode competir assim?

Contador Consultor - Contabilidade Consultiva | Marco EducaçãoPowered by Rock Convert

A resposta está na contabilidade consultiva. É preciso considerar que a contabilidade online é apenas uma das formas de explorar os benefícios da tecnologia. Por outro lado, existe a figura do contador consultor, que entende a importância de reduzir o tempo das rotinas contábeis – mas, em vez de se limitar isso, esse profissional usa o tempo economizado para gerar ainda mais valor para os seus clientes.

Contador consultor: o futuro da profissão contábil

Você sabia que 42% das empresas fecham nos primeiros 5 anos de atividade? E a grande pergunta que fica é: o que o contador estava fazendo enquanto essas empresas morriam? Provavelmente, a resposta passa pelas declarações, recolhimento de tributos e obrigações acessórias.

É claro que todas essas atividades são fundamentais para qualquer empresa manter o compliance fiscal. Mas o contador tem um potencial de ir além isso – auxiliando o empresário a alcançar o sucesso.

Quando você ajuda o empresário a estruturar seu fluxo de caixa, compreender a margem de contribuição dos seus produtos ou calcular o seu ponto de equilíbrio, está contribuindo para o crescimento daquela empresa. Você pode gerar mais valor e garantir um cliente que será fiel por muitos anos.

Analisando todo esse contexto, temos a maior oportunidade que os empresários contábeis tiveram nos últimos anos. É o momento de sair da conformidade e passar a executar sua verdadeira vocação: ajudar o empresário.

Todo empresário merece o sucesso. Para isso, ele precisa ficar focado na sua missão – e não pensando nas suas obrigações contábeis, gestão financeira e outras decisões gerenciais que ele não domina. O contador consultor pode ajudá-lo nisso. Ele é um conselheiro de confiança que tem toda a expertise necessária para ajudar seu cliente.

4 passos para se tornar um contador consultor

Você deseja se tornar um contador consultor para ajudar seus clientes e aproveitar as oportunidades do mercado? Então, veja os 4 passos para colocar isso em prática:

1. Mudança do mindset

Você precisa se enxergar como uma pessoa capaz de gerar um impacto positivo – e não um profissional limitado a cumprir as conformidades legais. O contador consultor não é apenas um despachante. Ele tem potencial de ser um agente de transformação nas empresas de seus clientes.

2. Tesão do conhecimento

Para gerar valor para o seu cliente, você precisa de um conhecimento técnico aprofundado. É necessário entender muito de contabilidade, obrigações trabalhistas, fiscais e contábeis.

Mas, além disso, é preciso ter repertório. O contador consultor possui conhecimentos sobre marketing, processos, pessoas, estoque, política, finanças, entre outros assuntos. Afinal, o seu objetivo é ajudar o seu cliente a melhorar seus números – vendendo mais e compreendendo suas principais dores.

3. Faça uma transformação na sua empresa

Antes de fazer uma transformação na empresa do seu cliente, é fundamental transformar o seu próprio negócio. Comece colocando em prática todos os seus conhecimentos no seu escritório contábil e estruture o seu negócio para que possa ajudar outros empresários.

4. Ajude o cliente

O processo para se tornar um contador consultor é uma transformação de dentro pra fora. Depois de mudar seu mindset e transformar a sua empresa, você tem todas as condições de ajudar o seu cliente. Coloque seus conhecimentos em prática e mostre todo o valor da profissão contábil!

E então, você já se considera um contador consultor? Gostou das informações deste artigo? Deixe o seu comentário.

3 Responses to “4 passos para se tornar um contador consultor”


  • Duran / Responder

    Síntese muito bem feita!

  • ADEMIR COELHO DA SILVA / Responder

    OS 4 PASSOS PARA SE TORNAR UM CONTADOR CONSULTOR É MUITO INTERESSANTE. BUSQUEI A PESQUISA DO SEBRAE PRA VER O RELACIONAMENTO DA EMPRESA X CONTADOR. É MUITO BOM SE TER ESSE PARÂMETRO. MUITAS VEZES ME PERGUNTEI COMO PODERIA FAZER PRA SABER O QUE O EMPRESÁRIO ESPERAVA DE MIM. A PESQUISA DO SEBRAE ME DEU ESSA NOÇÃO. MUITO BOM!!

Fazer um comentário


Recomendado
Os modelos de negócios contábeis estão mudando em um ritmo…